Weiterempfehlen

Bookmark and Share


Mapas conceituais e aprendizagem no ciberespaço: uma reflexão sobre didática e partituras musicais

Conceptual maps and learning in the cyberspace: a reflection on didacticism and musical scores
[Zeitschriftenartikel]

Oliveira, Eloiza da Silva Gomes de; Silva, Marcos Antônio da

Zitationshinweis

Bitte beziehen Sie sich beim Zitieren dieses Dokumentes immer auf folgenden Persistent Identifier (PID):http://nbn-resolving.de/urn:nbn:de:0168-ssoar-197605

Weitere Angaben:
Abstract Este artigo trata da importância dos mapas conceituais como estratégia didática, nas aprendizagens realizadas em ambientes virtuais. Conceitua a interação, suas peculiaridades e desafios, buscando alguns conceitos em Piaget, Vygotsky, Primo e Cassol. Na analogia que criamos – turmas e orquestras, didática e partituras musicais – a interação garante a harmonia do conjunto, a produtividade e a significância da aprendizagem, coletivamente construída. O processo de ensino, que tem como peculiaridade a intencionalidade, faz com que surjam procedimentos didáticos. Este processo gera um corpo de conhecimentos sobre o ensino: a Didática. Os processos de ensino e aprendizagem realizados a distância demandam a criação de uma didática específica. Apontamos os mapas conceituais, criados por Novak e fundamentados na teoria de Ausubel, como uma excelente opção metodológica. Eles são uma ferramenta gráfica utilizada para representação da estrutura conceitual de um determinado conhecimento. Formam uma estrutura que vai dos conceitos mais abrangentes até os menos inclusivos. São utilizados para ordenar e seqüenciar hierarquizadamente os conteúdos de ensino, oferecendo estímulos adequados ao aluno. Tornam mais significativa e prazerosa a aprendizagem do aluno, que transforma o conhecimento sistematizado em conteúdo curricular, estabelecendo ligações do conhecimento com os conceitos relevantes que ele já possui.

This article approaches the importance of the conceptual maps as didactic strategy, in the learning accomplished in virtual atmospheres. We considered the interaction, their peculiarities and challenges, looking for some concepts in Piaget, Vygotsky, Primo and Cassol. In the analogy that we created - groups and orchestras, didacticism and musical scores - the interaction guarantees the harmony of the group, the productivity and the importance of the learning collectively built. The teaching process, that has as peculiarity the intention, does with that didactic procedures appear. This process generates a body of knowledge on the teaching: the Didacticism. The teaching processes and learning accomplished at the distance demand the creation of a specific didacticism. We pointed the conceptual maps, created by Novak and based in the theory of Ausubel, as an excellent methodological option. They are a graphic tool used for representation of the conceptual structure of a certain knowledge. They form a structure that is going from the including concepts to the least inclusive ones. They are used to order and to form nested sequences of teaching contents, offering appropriate incentives to the student. They turn more significant and pleased the student's learning, transforms the knowledge systematized in curricular content, establishing connections of the knowledge with the relevant concepts that the student already possesses.
Klassifikation Unterricht, Didaktik; interaktive, elektronische Medien
Freie Schlagwörter Mapas conceituais; Aprendizagem; Tecnologia de informação e comunicação; Didática; Conceptual maps; Learning; Information and communication technology; Didactic
Sprache Dokument Portugiesisch
Publikationsjahr 2006
Seitenangabe S. 72-89
Zeitschriftentitel ETD - Educação Temática Digital, 8 (2006) 1
Status Veröffentlichungsversion; begutachtet
Lizenz Digital Peer Publishing Licence - Freie DIPP-Lizenz
top